2016: o ano das incertezas

Publicado em: Guia Marítimo

O Banco Central projetou que em 2016 a inflação anual deve ficar em torno de 7%, e declinando. Já o PIB deve ter uma nova queda, de 1,9%, em relação a 2015. A taxa básica de juros deve ficar em 14,25% durante o ano que se inicia, e o dólar subindo. Aliada a tudo isso, a carga tributária deve aumentar com a volta da CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira), os reajustes nas tarifas de serviços básicos de infraestrutura, como luz, água, transporte, devem continuar.
 
 
Na opinião de Ricardo Martins, diretor da Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo), no Brasil, quando a queda de confiança é generalizada como acontece agora, o indício é que algo mais preocupante ainda venha a ocorrer. “É preciso uma imediata correção de rumos antes que o cenário piore e o País mergulhe numa crise sem volta”, disse.
 
 
Para a indústria e para a construção civil, o cenário também é de instabilidade devido à queda do PIB. “As perspectivas desanimadoras duram até o segundo semestre”, pondera Martins. Segundo ele, serão necessários ajustes de rotas, com abertura de novos mercados, inovação, qualificação de profissionais, redução de custos e fortalecimento de parcerias para superar a crise.
 
 
Empresários e trabalhadores pagaram, em 2015, alto pela volta do desenvolvimento econômico, segundo Martins. “Enquanto isso, o governo sequer fez sua lição de casa para reduzir gastos e reestruturar a máquina administrativa. Preferiu aumentar a arrecadação ao invés de cortar despesas”.
 
 
Para ele, o empresário brasileiro precisa de uma injeção de ânimo. “Motivação é uma espécie de estado mental ou emocional que coloca o indivíduo em movimento”, finaliza. Apesar de pouco utilizada pelas empresas, o ingrediente deve ganhar espaço gradualmente e se tornar um elemento estratégico para impulsionar os negócios, principalmente, nos momentos de crise.


Fonte: http://www.abttc.org.br/noticias-do-setor-integra.asp?id=9106






Entregas LCL – Santa Catarina - Comunicado 03 - 2018

Comunicado 03/2018Itajaí/SC, 08 de Janeiro de 2018   Entregas LCL – Santa…

Publicação de FATO RELEVANTE

Clique na imagem para ampliar

Multilog compra unidades da Elog Sudeste e conquista a posição de um dos maiores players de logística do Brasil.

Agora, a Multilog é Brasil. Com a expansão para o sudeste, subirão de 14 para 19 as unidades de negócio, que totalizam 1,5…