ABOL apresenta ao BNDES resultados do Estudo sobre as atividades dos Operadores Logísticos no Brasil

 

Publicado em: ABOL - Associação Brasileira de Operadores Logística

 

O encontro acontece hoje, no Rio de Janeiro.

 

Encontro entre Associação Brasileira de Operadores Logísticos (ABOL) e Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) acontece hoje no dia 14 de julho no Rio de Janeiro.

Pela segunda vez a Associação Brasileira de Operadores Logísticos (ABOL) irá promover um workshop junto a profissionais do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O evento tem como propósito divulgar o estudo inédito contratado pela ABOL ao consórcio formado por KPMG, Mattos Filho Advogados e Fundação Dom Cabral (FDC), que contextualiza a atuação dos Operadores Logísticos no Brasil.

O encontro será realizado no dia 14 de julho na cidade do Rio de Janeiro. “Na oportunidade, teremos representantes das áreas de mercado de capitais e de infraestrutura do BNDES, bem assim representantes da Comissão de Classificação Econômica (IBGE e Receita Federal) os quais, certamente, irão enriquecer o debate sobre a contextualização do operador logístico”, revela o Diretor Executivo da ABOL, Cesar Meireles.

De acordo com o Gerente do Departamento de Transportes e Logística do BNDES, Edson Dalto, será uma excelente oportunidade para um debate em torno da apresentação do trabalho junto aos participantes do encontro, formado por empresas do setor, fornecedores e associados da ABOL. “Trata-se de um setor muito caro ao BNDES por ser uma atividade fundamental à competitividade dos embarcadores, na medida em que contribui para redução de custos e melhoria de serviços, e que pode ganhar mais relevância se aprimoradas algumas condições do marco regulatório do setor, questões de governança e capacidade dos Operadores Logísticos, que aportem mais segurança jurídica na obtenção de maior simplificação fiscal e obtenção de crédito”, afirmou.

Para Cesar Meireles, CEO da ABOL, “todo esse trabalho visa estabelecer uma nova ordem de inovação tecnológica capaz de trazer avanços tecnológicos e sustentabilidade do setor no longo prazo.”

No mundo desenvolvido os operadores logísticos, ou 3PLs, como são conhecidos, são atores chaves da matriz de desenvolvimento das economia desenvolvidas. Não se fala em desenvolvimento estratégico sem considerar a participação dos 3PLs, pois, são, indutores de competitividade para os setores onde atuam.

“Cada vez que vamos ao exterior visitar os vários mercados e segmentos econômicos, damo-nos conta da importante parceria entre tomadores e embarcadores para a melhor gestão das cadeias de valor. Este encontro com o BNDES é importantíssimo conquanto precisamos identificar os caminhos de fomento e estímulo para que a economia se torne cada vez mais eficiente e competitiva com o apoio imprescindível da expertise dos operadores logísticos no Brasil”, finaliza Cesar Meireles.

 

 


Fonte: http://abolbrasil.org.br/noticias/noticia=259






Entregas LCL – Santa Catarina - Comunicado 03 - 2018

Comunicado 03/2018Itajaí/SC, 08 de Janeiro de 2018   Entregas LCL – Santa…

Publicação de FATO RELEVANTE

Clique na imagem para ampliar

Multilog compra unidades da Elog Sudeste e conquista a posição de um dos maiores players de logística do Brasil.

Agora, a Multilog é Brasil. Com a expansão para o sudeste, subirão de 14 para 19 as unidades de negócio, que totalizam 1,5…