Movimentação de contêineres cai 9% no Complexo Portuário do Itajaí

Publicado em: Blog Guarda Sol

O Complexo Portuário do Itajaí, que integra os portos de Itajaí e Navegantes, fechou 2015 com 9% de queda na movimentação de contêineres em relação a 2014 – número um pouco abaixo da expectativa. Passaram pelos terminais locais 983 mil TEUs (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés), contra um milhão no ano anterior.

A maior perda ocorreu na APM Terminals, arrendatária do Porto de Itajaí, que perdeu linhas no segundo semestre e sofreu queda de 21% na movimentação.

Já a Portonave, em Navegantes, que é a maior movimentadora de contêineres de Santa Catarina, terminou o ano com perda de 3%.

O maior impacto para os números do Complexo foram os sucessivos fechamentos do canal de acesso, que impediram a entrada e saída de navios por 45 dias em 2015.

O escoamento das cheias no Vale do Itajaí provocaram perda de profundidade na foz, que ainda reflete nas operações. Desde outubro, o calado passou de 12,5 para 10 metros – o que limita as manobras.

O trade portuário espera que a dragagem de aprofundamento resolva o problema. Esta semana a Secretaria Especial de Portos (SEP) confirmou ao superintendente do Porto de Itajaí, Antônio Ayres dos Santos Junior, que lançará em 20 de janeiro o edital de licitação em Regime Diferenciado de Contratação (RDC) para que a obra saia do papel.

A dragagem vai custar R$ 68 milhões.


Fonte: Movimentação de contêineres cai 9% no Complexo Portuário do Itajaí






Entregas LCL – Santa Catarina - Comunicado 03 - 2018

Comunicado 03/2018Itajaí/SC, 08 de Janeiro de 2018   Entregas LCL – Santa…

Publicação de FATO RELEVANTE

Clique na imagem para ampliar

Multilog compra unidades da Elog Sudeste e conquista a posição de um dos maiores players de logística do Brasil.

Agora, a Multilog é Brasil. Com a expansão para o sudeste, subirão de 14 para 19 as unidades de negócio, que totalizam 1,5…