Novo ministro dos Transportes quer ampliar concessões

Publicado em: Portos e Navios

 

O novo ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella (PR-AL), pretende seguir as orientações do presidente interino Michel Temer (PMDB–SP) e ampliar as concessões e as privatizações nos setores que administrará. O plano foi anunciado na última quinta-feira (12), em entrevista logo após sua posse no Palácio do Planalto, em Brasília.

Segundo Quintella, sua equipe, em conjunto com as pastas da Fazenda e do Planejamento, irá fazer um levantamento nos segmentos de transporte, para apurar quais ativos podem atrair a iniciativa privada.

Conforme o ministro, a ideia é ampliar o máximo possível as concessões e as privatizações.

Especificamente no setor portuário, algumas concessões já estão programadas. É o caso de seis áreas em portos do Pará, que serão leiloadas pelo Governo Federal no dia 9 do próximo mês. O processo era coordenado pela Secretaria de Portos da Presidência da República (SEP), pasta que foi assimilada pelo Ministério dos Transportes.

O tema das privatizações também está presente na agenda dos empresários do setor. A Associação Brasileira de Terminais Portuários (ABTP) defende que as gestões dos portos públicos, hoje a cargo das companhias docas, sejam repassadas à iniciativa privada.

Detalhes de como os complexos portuários brasileiros serão administrados a partir do Ministério dos Transportes ainda não foram definidos. Nos últimos dias, Maurício Quintella já conversou com técnicos do Ministério dos Transportes que supervisionam os setores rodoviário e ferroviário e deve se reunir com a equipe da SEP nos próximos dias.

Mas o ministro informou que o departamento de portos do Ministério será coordenado por um indicado pelo PMDB.

Quintella também informou que o departamento de aviação civil da pasta será supervisionado por Dario Rais Lopes, ex-secretário estadual de Transportes de São Paulo e ex-secretário de Mobilidade Urbana do Ministério das Cidades na gestão de Gilberto Kassab.

Formado em Direito e deputado federal no quarto mandato pelo PR de Alagoas, Maurício Quintella é natural de Maceió (AL) e tem 45 anos. Foi eleito vereador da capital alagoana em 1996 e em 2000. Chegou a ser presidente da Câmara de Vereadores, secretário municipal de Educação de Maceió e secretário estadual de Educação de Alagoas.

Na votação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados, Quintella deixou o cargo de líder do partido (que era contra a medida) para votar favoravelmente ao afastamento da petista.

Fonte: A Tribuna online/LEOPOLDO FIGUEIREDO

 


Fonte: https://www.portosenavios.com.br/noticias/portos-e-logistica/34309-novo-ministro-dos-transportes-quer-ampliar-concessoes






Comunicado alterações no procedimento do faturamento de exportação (LCL/LCL)

Ofício 069/2017 Curitiba/PR, 25 de maio de 2017.COMUNICADO ALTERAÇÕES NO PROCEDIMENTO DO FATURAMENTO DE…

Comunicado Novas Funcionalidades do BIM para processos do CLIA e PSI Curitiba

Ofício 050/2017 Curitiba/PR, 09 de maio de 2017.COMUNICADO NOVAS FUNCIONALIDADES DO SISTEMA BIM…

Comunicado Expediente 1º de Maio

Ofício 055/2017 Itajaí/SC, 26 de Abril de 2017.COMUNICADO FERIADO 1º DE MAIO