Receita por contêiner transportado cai no primeiro trimestre

Publicado em Portos e Navios

SÃO PAULO - Os maiores armadores de contêineres do mundo continuaram enfrentando redução dos valores de fretes marítimos no primeiro trimestre de 2016. A receita por Teu (contêiner padrão de 20 pés) da Maersk Line, por exemplo, maior transportadora marítima do mundo, saiu de US$ 1,417 mil de janeiro a março de 2015 para US$ 1,053 mil no mesmo intervalo deste ano.

A receita por Teu da CMA CGM caiu de US$ 1,297 mil no primeiro trimestre de 2015 para US$ 1,068 mil.

Na Hapag Lloyd, a queda na mesma base de comparação foi de R$ 1,410 mil para US$ 1,207 mil. Em todos os casos a receita por Teu no primeiro trimestre de 2014 foi maior que em 2015. Na Hanjin a receita por Teu foi de US$ 1,648 mil em 2015 para US$ 1,187 mil em 2016.

A derrubada dos fretes deriva do excesso de capacidade ociosa no transporte marítimo, após a corrida da indústria da navegação por navios cada vez maiores, muitos dos quais saíram dos estaleiros num cenário de queda de demanda de volumes de alguns mercados — como, mas não apenas, o do Brasil.

(Fonte: Valor Econômico/Fernanda Pires)


Fonte: https://www.portosenavios.com.br/noticias/portos-e-logistica/34412-receita-por-conteiner-transportado-cai-no-primeiro-trimestre?utm_source=newsletter_7844&utm_medium=email&utm_campaign=noticias-do-dia-portos-e-navios-date-d-m-y






Comunicado alterações no procedimento do faturamento de exportação (LCL/LCL)

Ofício 069/2017 Curitiba/PR, 25 de maio de 2017.COMUNICADO ALTERAÇÕES NO PROCEDIMENTO DO FATURAMENTO DE…

Comunicado Novas Funcionalidades do BIM para processos do CLIA e PSI Curitiba

Ofício 050/2017 Curitiba/PR, 09 de maio de 2017.COMUNICADO NOVAS FUNCIONALIDADES DO SISTEMA BIM…

Comunicado Expediente 1º de Maio

Ofício 055/2017 Itajaí/SC, 26 de Abril de 2017.COMUNICADO FERIADO 1º DE MAIO